QUARENTENA CRIATIVA

Nascido em São Luiz do Paraitinga, formado em publicidade e propaganda pela UNITAU e um dos mais respeitados fotógrafos de “streetphoto” em São Paulo Pedro Arcene resolveu diversificar seu talento artístico em busca de novas realizações. Em fotografia fez de tudo um pouco – do social corporativo para a Electrolux à cobertura de eventos pela “Innovation”, além da forte presença no artístico, seja através de seu olhar urbano, como foi mostrado na exposição “Corpo de Olhos”, no Museu de Arte Contemporânea de São Paulo. “Minha vida profissional sempre foi ligada à fotografia. Mas como um bom geminiano, inquieto e inconformado com a mesmice, essa arte já não me bastava, procurava algo além, queria novidade, precisava de uma mudança” – comenta Pedro, ao revelar sua descoberta da arte cerâmica. Descoberta que se deu durante uma viagem ao México ao se encantar com cerâmicas Zapotecas em sua visita ao Museu de Antropologia. Ao retornar ao Brasil, ainda no avião se inscreveu num curso de cerâmica estimulado pelo canal Youtube “Life by lufe” de arte e decoração. E, em novembro próximo, Arcene completa dois anos de seu pequeno estúdio no centro de São Paulo. Cerâmicas artesanais, utilitárias e decorativas, “in” perfeitas, peças únicas, exclusivas, queimadas em alta temperatura, livres de chumbo. Nos meses de quarentena, Pedro divide-se entre as artes – suas fotos podem ser curtidas no instagram @pedroarcene e suas cerâmicas no @atelieminhocao.

Envie sua mensagem!

Deixe seu recado abaixo pra gente! ;)