O coronavírus não escolhe cor, gênero ou classe social. Entretanto, nesta pandemia, quem mais sofre são justamente aquelas pessoas que já estavam em situação de vulnerabilidade e que, após a crise, perderam suas fontes de renda. Pensando nisso, a Ruston Alimentos decidiu doar quatro toneladas de arroz e feijão ao movimento “Covid-19 – São José Sem Fome”. Criado para arrecadar e distribuir alimentos, produtos de higiene e outros itens de urgência, o movimento é coordenado pelo Instituto Regeneração Global. O projeto conta também com o apoio de outras entidades da cidade, como o Fundo Social de Solidariedade, utilizado como sede para a triagem e envio dos kits.

Além das doações em alimentos e produtos de higiene, o grupo promoveu uma vaquinha virtual que já arrecadou mais de R$ 25 mil para a compra dos mantimentos. Para evitar aglomeração, a entrega das cestas é realizada porta a porta, direto na casa dos beneficiados. De acordo com Marcos Librantz, um dos coordenadores do projeto, a mobilização de empresas como a Ruston Alimentos foi fundamental para iniciar os trabalhos da empreitada com a agilidade necessária para atender as pessoas que, de uma hora para outra, se viram sem nenhuma fonte de renda.

“A crise tem caráter emergencial e a ajuda da Ruston foi crucial para que a gente tivesse o fôlego necessário para começar a montar as primeiras cestas e iniciar os trabalhos rapidamente. Estamos contando com a solidariedade de empresas, instituições e pessoas físicas, que nos ajudam como podem”, afirma. Apesar de terem arrecadado os R$ 25 mil por meio do crowdfunding, o grupo só receberia o montante do site 15 dias após a meta de arrecadação ter sido batida. “Isso é muito tempo para quem está precisando da ajuda para hoje. Por isso a importância das prontas doações de grandes empresas como a Ruston”.

Mobilização

Os voluntários se dividem entre aqueles que recolhem as doações, os que fazem a triagem e montam os kits de alimentação e produtos de higiene, e as pessoas que utilizam seus próprios carros para fazer a entrega porta a porta.

Para evitar aglomeração e facilitar as doações, o movimento conta com pontos de arrecadação em todas as regiões da cidade. Os locais podem ser consultados por meio do site www.sjcsemfome.com.br. Além dos postos de arrecadação, uma equipe realiza a coleta na casa das pessoas interessadas, bastando se cadastrar no site.

Ainda por meio do site é possível encontrar o link para as doações em dinheiro. Clicando no link “doe recursos”, o doador será direcionado ao site https://benfeitoria.com/covid19sjcsemfome, no qual poderá fazer a doação em cotas de R$ 30, R$ 60 ou R$ 90.

O movimento já está na segunda campanha de doação, já que a primeira ultrapassou os R$ 25 mil em apenas três dias.

Envie sua mensagem!

Deixe seu recado abaixo pra gente! ;)