A ARTE EM MOVIMENTO DA VICTOR HUGO GALERIA

Decoração e colecionismo de forma acessível e segura. Com mais de 12 mil obras, o acervo da galeria, em São José dos Campos, combina obras consagradas e contemporâneas.

Umas das forças da Arte é sua capacidade de expandir seus limites de tempos em tempos. E os movimentos são muitos. O foco sai do desenho formal na direção de cores abstratas; migra das tintas para filmes e sons; abandona as telas e invade os muros da cidade. Mas também temos o inverso quando o grafite sai das ruas para ocupar galerias, museus e projetos de decoração, como mostra a explosão da Street Art em vários países.

A Victor Hugo Galeria, sediada em São José dos Campos e São Paulo, tem sustentado a preocupação de manter, em seu acervo, o reflexo desses fenômenos. Telas, gravuras e esculturas consagradas estão ao lado de apostas do cenário artístico contemporâneo. É a arte em movimento. É o público e suas escolhas no centro de tudo.

Esse olhar atento consolida a trajetória da Victor Hugo Galeria, que remonta a três décadas de experiências. Em 2012, quando a primeira sede da galeria foi inaugurada, no coração de Higienópolis, em São Paulo, causou comoção a entrada de um jovem surfista e amante da cultura de rua no tradicional universo de leilões e negócios de arte. Mas Victor Hugo Rosa, que empresta seu nome à galeria, já trazia na bagagem uma longa história: sua formação passa pelo trabalho na galeria Status, fundada por seu pai há exatos 35 anos – um legado que tem sido resgatado e valorizado por Victor Hugo Rosa.

Em 2018, a galeria chega a São José dos Campos com seu acervo de mais de 12 mil obras e um olhar inovador. O colecionismo é, sim, um modo de vida e uma forma de investimento acessíveis. A arte não é para poucos, é para todos que gostam. E só não gosta, quem não conhece.

Por isso, uma galeria não precisa ser sisuda ou arrogante, galeristas também não precisam de pose de superioridade. Mas, claro, tudo sem perder o encanto e a atitude do mundo das artes.

O Clube de Colecionadores de Arte do Vale do Paraíba é uma iniciativa dos sócios da Galeria Victor Hugo. O Clube nasceu com a ideia de aproximar o público das artes plásticas. Com vários benefícios para os associados, o CCVP vem com uma proposta inovadora de fomentar o que há de mais belo na arte. Consulte mais informações.

Com estrelados nomes que vão de Portinari e Aldemir Martins a Di Cavalcanti e Tarsila do Amaral, a galeria evoluiu com as expressões contemporâneas. Ícones da Street Art, como Kobra e Crânio, também conquistaram protagonismo na galeria. Essa disposição coloca o acervo da Victor Hugo Galeria como um dos mais amplos e ecléticos da região.

Segundo Victor Hugo Rosa, as novidades serão intensificadas a cada dia. “Vamos manter o acervo tradicional, mas investir para transformar nosso espaço em uma galeria cada vez mais contemporânea, prestigiando artistas vivos com exposições individuais e coletivas, além de workshops e palestras”, diz ele.

A Victor Hugo Galeria está aberta para os mais diferentes perfis, sejam de amantes e colecionadores, aficionados por decoração e estilo ou arquitetos em busca de um extenso e seguro portfólio. A galeria está preparada para colaborar com projetos de arquitetura e decoração.

Sinta-se bem-vindo à Victor Hugo Galeria. Conheça o acervo e visite esse espaço diferenciado na região.

Artista: Águia
Técnica: Spray e acrílica sobre tela

Obras:
I Love New York (1,80 x 1,00m)
Composição Geométrica 1 (0,80×0,80m)
Composição Geométrica 2 (0,80×0,80m)

Av. São João, 2200
Colinas Shopping – São José dos Campos
Tel: +55 12 3209-9733 / 97624-9869
Rua Dr. Veiga Filho, 100
Higienópolis – São Paulo
Facebook: artevictorhugosjc
Intagram: @galeriavh
www.galeriavictorhugo.com.br

Envie sua mensagem!

Deixe seu recado abaixo pra gente! ;)